Diretor criativo de Battlefield V se posiciona contra criticas a personagens femininos

Depois do anuncio de personagens femininas em Battlefield V, inúmeras criticas apareceram na internet.

EA anunciou em sua conferência no dia 09/06 o jogo Battlefield V, e junto com ele a novidade de que o jogo terá personagens femininas em plena Segunda Guerra Mundial. E rapidamente após o anuncio, inúmeros protestos no twitter com a Hastag #NotMyBattlefield choveram, e isso irritou Patrick Södurland, diretor criativo da Electronic Arts.


Durante entrevista a GamaSutra Patrick explicou que a iniciativa de introduzir no jogo as mulheres partiu da equipe de desenvolvimento e que todo esses protestos partem do ponto que “existi uma percepção comum errônea de que mulheres não foram à Segunda Guerra Mundial“. E Patrick foi enfático quando disse:


“Estas pessoas são ignorantes. Elas não entendem que este é um cenário plausível. E escutem: isto é um jogo. E hoje os jogos são diversificados em relação ao gênero de uma forma que nunca foram. Há muitas jogadoras por aí que querem jogar e homens que querem jogar como uma mulher destemida. Nós não ligamos para críticas que não sejam construtivas. Nós apoiamos esta causa e eu acho que estas pessoas não entenderam as cosias direito ainda”.

E ainda foi firme em falar aos críticos não construtivos de plantão:


“Vocês tem duas opções: aceitem ou não comprem o jogo”.

É muito estranho ainda ver pessoas criticarem a postura de produtoras de games que estão introduzido personagens femininos relevantes em meio do processo tão importante do empoderamento feminino. Ainda mais com tantas garotas jogando e provando ser tão boas quanto os garotos.


E para quem ainda vai dizer que mulheres não lutaram na Segunda Guerra, deixo aqui um link sobre as 7 mulheres que tiveram grande importância durante as batalhas da Segunda Guerra.

Publicidade

Ultimas Publicações

Publicidade

© 2018 - All Rights Reserved.

Website Design: Luiza Perazzini