10 curiosidades sobre os X-Men

Para comemorar o X-MEN Day um pouco de sabedoria sobre os Mutantes da Marvel.

No dia 13 de maio é celebrado o X-men Day pelos fãs dos mutantes pelo mundo a fora, e em comemoração a esta data, hoje vou mostrar a vocês 10 curiosidades e fatos sobre os mutantes mais queridos da Marvel. Curiosidade 1# A primeira formação dos X-Men contava com Scott Summers (Ciclope), Jean Grey (Garota Marvel), Warren Worthington III (Anjo), Hank McCoy (Fera) e Bobby Drake (Gelo). Eles viviam e eram treinados na Escola para Jovens Superdotados, comandada por Charles Xavier. Curiosidade 2# Assim como o Quarteto Fantástico e Os Vingadores, os X-Men são fruto do trabalho da dupla Stan Lee e Jack Kirby. Curiosidade 3# A ideia original de Claremont e Cockrum era fazer da Fênix uma personagem tão importante que ela seria maior que os X-Men – queriam botá-lo como integrante dos Vingadores. Não deu certo e Jean Grey se tornou muito forte para os gibis dos X-Men, forte o bastante para acabar sozinha com os vilões. Claremont e Byrne foram deixando a heroína afastada, mas isso não resolvia o problema. Foi aí que apareceu a ideia: “se ela é muito forte para ser uma heroína, ela é forte o bastante para ser uma vilã!”. Surgiu assim a Fênix Negra. Curiosidade 4# No começo dos anos 90, Xavier, os X-Men e a X-Factor se conciliaram e voltam a atuar juntos, e Magneto voltou a ser o vilão. A partir de X-Men #1 (escrito por Claremont e desenhado por Jim Lee), os mutantes se dividiram em Equipe Azul (chefiada por Ciclope) e Dourada (liderado pela Tempestade). Até hoje, X-Men #1 é considerado o gibi com maior tiragem da história. Foram cerca de 8 milhões de exemplares, mas “apenas” 3 milhões teriam sido vendidos. Curiosidade 5# Mesmo com o primeiro filme, os X-Men ainda estavam longe do auge – principalmente por conta da cronologia intrincada construída nos anos 80 e 90. Para resolver o problema a Marvel convocou Grant Morrison, que havia acabado de fazer um bom trabalho na DC com a Liga da Justiça, para recriar a equipe mutante. O processo começou em X-Men #114, em 2001 — agora chamada New X-Men. Os X-Men voltaram a ter uniformes iguais, seguindo a linha vista nos cinemas. Foi também nessa fase que Scott Summers passou a se envolver com Emma Frost, regenerada dos tempos de vilania e que já fazia parte da equipe. É a partir daqui que começam as grandes mudanças na personalidade do Ciclope, que se tornaria efetivamente um vilão durante o recente crossover Vingadores vs. X-Men. Curiosidade 6# As garras de osso do Wolverine só foram explicadas na minissérie Origens, publicada em 2002. Nela, a equipe de roteiristas formada por Bill Jemas, Paul Jenkins e Joe Quesada estabeleceu que Logan nasceu no final do século XIX, no Canadá, e que aquelas garras apareceram pela primeira vez na adolescência. O gibi também estabeleceu que o nome de batismo do herói é James Howlett. Apesar da HQ ter sido publicada entre 2001 e 2002, foi só em 2005 (durante os eventos de Dinastia M) que Logan lembrou de todo o passado. Curiosidade 7# Durante o crossover Dinastia M, a insana Feiticeira Escarlate usa seus enormes poderes para acabar com quase todos os mutantes da Terra. Sobram apenas 198, em uma jogada editorial criada para reduzir a importância mutante nos gibis da Marvel e, assim, atrair os novos leitores. Curiosidade 8# Ciclope passa a acreditar que Esperança Summers (a primeira mutante nascida após a Dizimação e criada no futuro pelo Cable, que é filho do Scott Summers) é a escolhida para receber a Força Fênix e salvar os mutantes da extinção. Por outro lado, Os Vingadores veem o retorno da Fênix com preocupação e querem prender Esperança até entender a ligação dela com a Força Cósmica. A minissérie evolui para um confronto entre as equipes e Ciclope passa a finalmente ter o controle da Força Fênix, entendendo o que a amada Jean Grey sentiu no passado. No final, Scott e seus X-Men renegados são derrotados. O final do crossover ainda traz uma reversão dos efeitos da Dizimação, com novos mutantes surgindo na Terra. Curiosidade 9# Atualmente os X-Men são conhecidos como “Os Filhos do Átomo”. Só que esse é, na real, o nome de um livro lançado em 1953 e escrito por Wilmar H. Shiras. A obra, como você deve imaginar, é estrelada por mutantes e foi uma das inspirações de Stan Lee para os X-Men. Curiosidade 10# Se você reparar na capa de X-Men #1, ela não traz o nome de uma editora Marvel Comics. Além disso, gibis anteriores trouxeram apenas a inscrição “M.C.”. Não era ainda a sigla para Marvel Comics, mas sim de Magazine Management Company. Parece que a companhia não queria se arriscar com a historia.


Publicidade

Ultimas Publicações

Publicidade

© 2018 - All Rights Reserved.

Website Design: Luiza Perazzini